Homenagem ao professor Walter Scott Vicentini

12

Postado por Regina Ferreirinha | Homenagens | 26-02-2010

Fiquei sabendo de seu falecimento  através da revista Comuniq-edição 29
Nos deixou em dezembro de 2.009

Gostaria de colocar uma reflexão a respeito de sua frase.”O magistério é uma teia de aranha.A criança  te atrai,te domina,te inebria e passa a fazer parte de sua vida.”

No passado meu irmão foi convidado a se retirar de uma escola,alegou-se que tinha problemas de aprendizado.Caiu nas mãos do professor Walter em outra escola  que disse para minha mãe”Não se preocupe, cuido dele’’Foi aluno do professor por vários anos seguidos(durante dois anos foi o primeiro da classe) e hoje ele é um empresário .Foi professor de minha irmã e me orientou sobre como ingressar no magistério. Realmente , o mestre trazia a criança para o seu dia a dia.Incorporava sua realidade e através do amor ensinava.Comprei três livros .Ficarão   guardamos com carinho para lermos e matarmos as saudades de saudoso professor.

Versos em sua homenagem

Seu sorriso, seu jeito meigo
De passar conhecimentos.
Tecestes na vida,grande mestre,
Não apenas conhecimentos
Semeastes e tecestes  o amor…
Aquele amor que uma criança
Precisa sentir para  ter confiança..
E muita  esperança …num futuro melhor.
Mestre… filósofo da mente infantil
Conseguiste arrancar de desacreditado
Sabedoria no fundo da alma guardado.
Era…com paciência e muita  eloquência
De didático dominador que usavas o amor
Para passar conhecimento a educando perdedor.
Literário,orador, suas palestras
Correram pela vida,formando mais educador.
Lembraremos de tudo que nos ensinou!
Rendo-me e curvo-me, laureando-o !
Professor Walter,obrigada.Descanse em paz!

Regina Ferreirinha-26-2-2010

Comentários(12)

Cara Regina, sou filho do Professor Walter e quero lhe agradecer pela homenagem feita a meu pai. O ocorrido com seu irmão não é caso único na vida dele; ele era de um grande coração, excelente pai e ótimo amigo. Faz muita falta.
Se desejar fique à vontade para entrar em contato com a família. Telefone e e-mail constam dos livros.

Grato novamente

caros amigos.
Sou sobrinho do professor Walter e realmente fiquei muito abalado com a morte do meu tio.
devo a ele tudo o que aprendi pois fui aluno dele desde pequeno. hoje ele está no andar de cima mas com certeza continua cuidando de todos nós.
um abraço para todos os que o estimam.

Wellington,todos que conviveram com seu tio o admiraram.Infelizmente ele nos deixou muito cedo.Escrevia e já estava se firmando como escritor.Quis o destino que ele se fosse. Sinto muito como todos por sua partida brusca.

Ceonheci o Professor Walter e a esposa dele Alzira, e morava em frente a casa do Major, (antiga 29) e depois Porangatu, frequentava o Duque de Caxias. Não sabia que ele tinha falecido, e gostaria de mandar meus sentimentos para a familia, Principalmente para Alzira. Sou filha do Sr. Augusto Ribeiro e Dna. Lavinia, amigos da D, Prazeres e Sr. Henrique A irmã da Alzira foi minha propfessora de catecismo, ainda tenho om telefone que eles deram, mas não sei se continua o mesmo. Meu tel. 36448854. Se a Alzira se lembrar mando bjus, para Gloria ,Izolina, Paulo. Lamento muito a falta do grande homem e Professor Walter, que conheci como TINHO. Abraços.

Foi uma grande figura…Moro por aqui e o conheci…foi professor de meus irmãos.

Fui colega do Walter na primeira e na segunda séries do Curso Ginasial do Ginásio Manoel (ou Manuel) da Nóbrega, na Vila Maria Zélia, em 1946 e 1947. Tínhamos uma amizade muito forte, embora ele fosse melhor que eu na bola e na escola (principalmente na bola). Eu era da Zona Leste e ele da Zona Norte, mas eu cheguei a ir à casa dele pelo menos duas vezes de bicicleta, atravessando a antiga ponte de madeira sobre o rio Tietê. E até joguei uma vez pelo Duque de Caxias, num jogo na antiga várzea do Glicério. Mas não “emplaquei”. Não sabia que ele tinha se tornado professor, mas os elogios que ouvi a seu respeito como mestre correspondem à índole daquele menino que eu tanto admirava.
À família, embora passados vários anos, meus pêsames. É que só agora, e por acaso, tive notícias de seu falecimento.
Não sei de que nível ou de que matéria ele foi professor, mas certamente comprarei alguns de seus livros. É o mínimo.
Abraços à esposa e filhos do saudoso ex-amigo.

O Walter foi um grande professor…nos deixou saudades.

Hygino …na publicação tem um parecer dos filhos do Walter e ele era professor de português …atuou no nível um tb.

Regina
Muito
Prazer
A qual publicação você se refere?
Gostaria de poder ler.
Nossa amizade era muito grande, mas, por eu ter
passado a estudar à noite desde 1947, noutro ginásio,
nunca mais nós vimos.
A julgar por mensagem de um sobrinho dele (Marcel)
parece que os últimos dias do Walter foram sofridos.
Dificuldades para conseguir remédios, sei lá.
Que pena!
Obrigado pelo contato.
Hygino

Este email é do filho do Walter….marcosvicentini@yahoo.com.br…Ele escreveu neste site em agradecimento e deixou o email…É o único contato…já que não sei onde moram.

Fui aluna prof …1971/1976…
Voltei a encontra-lo novamente (de passagem por sinal) em 2005/2006 na biblioteca Alvares de Azevedo
onde trabalho até hoje.
Foi mágico! Ali diante de mim o MESTRE que me ensinou tanta coisa.
Travei , não por medo mas respeito pelo professor que não passo desapercebido na minha história…
Só consegui falar o famoso
-Bom dia professor
Foi penoso saber da sua passagem,e ver que meus filhos e netos não terão a oportunidade de lembrar com carinho e saudade do professor que um dia fez parte da sua vida
Professor! Sou muito grata por todo aprendizado, e conhecimento!

Desculpe pela demora em responder…Ele foi uma grande pessoa .

Comentar