Teu cheirinho

0

Postado por Regina Ferreirinha | Poesias diversas | 30-04-2011

Teu cheirinho Tô sentindo. Você chegou. Rapaz,você foi pescar! Hum..hum..cheirinho Não me toque. Seu moleque. Tô  perfumadinho. Fica  aquí bem pertinho. Hum soninho. Meu amiguinho. Não me deixe  sozinho. Doce inocência As vezes queria fechar meus olhos e  sentir o frescor da inocência. Dizem que sou uma eterna criança. A inteligência adulta é uma explosão de malidiência. [...]

Poemas concretos

4

Postado por Regina Ferreirinha | Poemas concretos | 28-04-2011

Poemas concretos          

Esplendor da natureza

0

Postado por Regina Ferreirinha | Poesias natureza | 28-04-2011

Esplendor da natureza ilustração-google  Yanni-Spirit Of Nature -Fiz este poema ao som desta música Quando a água do mar borbulha. Vejo-te natureza , esplendor  de beleza ,deslizo. Escorrego pelas profundezas. Nado junto aos golfinhos O canto das baleias chamam para sincronia de amor. Vida em flor desnuda meus olhos. Danço ao  som de melodia. Procuro  um atalho.Degusto salinidade. [...]

Uma dor maior!

0

Postado por Regina Ferreirinha | Poesias diversas | 27-04-2011

Uma dor maior! Sentia-me tão impotente! Com a vida descontente! Súplica de pele,Carinho! Uma vontade de ser acariciada. Queria…muito de verdade ser amada,IMPORTANTE. Bastava um gesto. Ou bastava dizer: Estou aquí…que bom! Um dia ,andante na vida EU Avistei menina ,mão estendeu-ME. Sem entender respondi: _ Não entendí,estou aérea Meu filho está acamado. Andando com olhar sombrio: -Que [...]

Vagando

0

Postado por Regina Ferreirinha | Poesias diversas | 26-04-2011

Vagando watch?v=VmLjjeT06DQ&feature=related Vago pela noite. Enquanto   a branca iluminada embala os enamorados. Sou caminhante da sorte. Procuro por tua alegria, um brilho que  me contagia. Meu coração  está inquieto, feito moleca. Atravesso campos.Respiro 2O. Fecho os olhos,mergulho no mar. Minha alma busca incessantemente por  moldura ,tua candura, com seu olhar para me ascender! Que seu brilho [...]

O agreste

0

Postado por Regina Ferreirinha | Poesias diversas | 25-04-2011

O agreste Olhar perdido no horizonte, Homem não se cansa de querer alcançar. O que procuras nesta árida terra? Seu corpo se contorce de sede e fome. Tudo que planta some,sol arrebata líquido, Nunca pedes ,abaixas  em  prece ajoelha-se. Riqueza advindas dos céus ,nunca chega. Distante algumas rês ,magras  pernas dobradas. Cenário desoladar.Cadê o sorriso.Escaldatos esperam. Um caminhão [...]

Sonho azul…

0

Postado por Regina Ferreirinha | Poesias românticas | 24-04-2011

Sonho azul… Procuro no infinito a cor do mar. Olho para o céu. Encontro uma estrela  azul. Olho  seu esplendor. Azul igual o mar devastador Mergulho no escuro. E assim minha paíxão arrebata. Mergulha ilusão. Mergulha em ilusão,doce imaginação.. Em Caraguá. Nas pedras do Jacaré,olho a maré. Minha Caraguá. Remo meus pensamentos.”ARREMESSO”. Arremesso sonho. Uma prainha tão [...]