Portão fechado.Reencontro

0

Postado por Regina Ferreirinha | Poesias diversas | 30-11-2011

Portão fechado.Reencontro     Um reencontro, ia de encontro a tudo que queria. Os olhos encheram-se de alegria. Palmas, grande conquista. Subiu ao palco. Não era brincadeira. Naquele momento considerava que havia conquistado o mundo. Foi fundo! Pensou. Seus olhos brilharam.”Como o amor faz bem!” De repente  esqueceu a idade.”Tanta felicidade!” Acabeça pensava menos, tudo era euforia. [...]

Distante

0

Postado por Regina Ferreirinha | Poesias românticas | 30-11-2011

Distante Vou sentar-me diante  da Lua. Lá no horizonte, azul que desponta. Imensa bola .Vejo imagem tua. Tela no espaço sideral se monta. Estrelas faiscam por todos lados São pontos de luz, esplendor no céu. Parece que a vigiam como soldados. Nuvens brancas espalham-se como véu. Na Lua teu singelo rosto marcado. Olho pálida, com sabor [...]

Pedalando

0

Postado por Regina Ferreirinha | Poesias diversas | 27-11-2011

Pedalando O melhor!? Andar de bicicleta pela praia. No trajeto sentir a presença farta de pássaros. Ver a garça pegar um peixe. Deixar o pensamento percorrer solto por mar revolto. Conseguir enxergar o começo do  dia . Ver a luz, resplandecer , brilhar nas águas azuladas. Absorver o brilho celeste que na água  amanhece. Saber que [...]

Calei-me

0

Postado por Regina Ferreirinha | Diversas | 27-11-2011

Calei-me Depois de percorrer muitos caminhos ,calei-me. Não tinha mais forças para gritar, ou mesmo balbuciar. Andei por tantos labirintos!Muitas pedras estavam por lá, Algumas escalei, outras removi. Até quebrei. Uma luta, às vezes diante de Sol escaldante. Em muitos momentos consegui rir. E por que não! Senti felicidade! Agora ficou a saudade. Mas o importante [...]

Amanhã!

2

Postado por Regina Ferreirinha | Poesias românticas | 25-11-2011

Amanhã!       Ao amanhecer, quando as estrelas já estiverem dormindo o Sol irá se abrir. Seus reflexos trarão a fotossíntese para as plantas. Será o verde  mais forte de todos os tempos. É a natureza em flor. Uma flor irá desabrochar em seu jardim. As borboletas irão saudá-lo. Farão à sua volta uma dança. [...]

Palhaço de mim…

0

Postado por Regina Ferreirinha | Poesias diversas | 24-11-2011

Palhaço de mim… É preciso ter paz no coração. Procurar possibilidades atingíveis,ser canção. Nem sempre alcançamos tudo que almejamos! Rir... Cantar... É preciso colocar na balança, o que nossos braços alcançam. É tempo de ser feliz, fortalecer nossa raiz. Chorar. Acolher. Sorrir quando tropeçarmosou desembaraçarmos novelos. Olhar com ternura a brancura dos cabelos . Sentir que alguma coisa [...]

Insolente

0

Postado por Regina Ferreirinha | Poesias diversas | 23-11-2011

Insolente Mente . Sente. Secamente. Qu te brava, semente plantada. Tua fúria por lamúria, invade. Combate. Sem licença. Adiantas tua índole. Aos murros bates ,rebates. Discursas somente. Sozinho,estivas. Vontade de alma ,salgas. Jogas por Universo. Não fazes sala. Diante de ti todos se calam. Homens se armam. Corpos inertes obedecem,tombam. Destruição Pura obstinação. regina ferreirinha   [...]