Onde está a justiça?

0

Postado por Regina Ferreirinha | Crônicas e contos | 30-03-2013

 

Que ninguém cale minha boca que exprime ansiedade.
Na curvas e lacunas desta inverdade.
Daquele que se diz dono de adversidade.
Onde está tua proteção?
Revolta em procura da tantos porquês.
Não encontro a vértice na justiça, injusta.
Vou ao alto e lá onde está com olhos tapados, tropeço.
Porta fecha-se ao apelo.
Alguém grita:
” A lei não permite, vá com alma.”
Recesso, feriado e a porta não se abre…}
Continuam a porta fechar:
“Assim não pode. Não é este o caminho. ”
Sinceramente, minha mente não comporta tanta fissura.
De tanto bater e a maçaneta virar em vão chego a uma triste conclusão.
MEU PAIS TEM LEIS PARA QUEM ANDA NA CONTRA MÃO.

 

 

Uma triste história de quem percebe que sua tia está nas maos  de quem só quer usá-la para conseguir seus bens e com as mãos atadas nada pode fazer.

Comentar