Luz que seduz!

0

Postado por Regina Ferreirinha | Poesias românticas | 19-03-2014

Luz que seduz!   Muito perto do céu, vejo uma luz a me olhar. Um caminho, uma luz estão a me indicar. Perto de meu coração tua voz a me impor. “Abraça-me forte, sou teu eterno amor!” Por certo toda a luz , ali pertinho simboliza. Uma vida , uma esperança em sonho que realiza. Nosso amor uma [...]

Aos olhos…

0

Postado por Regina Ferreirinha | Diversas | 19-03-2014

Aos olhos… Se a natureza em seu sorriso marca sua espiritualidade Tão grande se faz tua riqueza pela vida. O importante é como se conduz na realidade Se a alma é alegre teu coração verte   paz garantida. . Saborear o dia , olhar o Sol sentir a brisa do vento. Olhar para os lados e sentir [...]

Ser feliz é o que importa.

0

Postado por Regina Ferreirinha | Cartões | 18-03-2014

Ser feliz é o que importa.                  

Avante…

0

Postado por Regina Ferreirinha | Diversas | 18-03-2014

Avante…     Vagante entre flores vou avante. Nada impede tanta procura. Sou agente na vida  navegante. Pelo caminho trilho com bravura.   Meus medos deixam-me mais forte. Engulo a mercê da própria sorte. Mergulho, nado. Os problemas enfrento. Resolvo como posso. Não lamento! Vem a hora…tristeza chora. Enxugo a lágrima, vou embora. Sigo.Pois a inércia [...]

Por amor!

0

Postado por Regina Ferreirinha | Diversas | 18-03-2014

Por amor!   Não existe  distância  e nem fronteira o que existe é o AMOR…que leva… Paciência,  ternura , como se rolasse ladeira. Para o amor não há   reserva… Deixe-se solto para o mundo , galope, corra. Como nuvem solta. Como cavalo valente. Que perna não sente Atravessa, saltita em frente. Ah..para o amor, TUDO é [...]

Desfolhar em amor!

0

Postado por Regina Ferreirinha | Poesias românticas | 09-03-2014

Desfolhar em amor!   Tem momentos em nossa vida que  em desfiladeiros sem fim nos deparamos. São aquelas interrogações por vida lida. Dúvidas, tormentos , que por caminho encontramos.     Saudades de amigos, parentes. Vontade de estar ao lado de alguém. Saudades ao coração inerentes Vontade de algo que não vem.   São tantas interrogações pendentes Porquês [...]