Silêncio

0

Postado por Regina Ferreirinha | Diversas | 05-08-2017

O silêncio que desnuda a dúvida.

São sonhos que são desfeitos

Não há contemplação ,laços desfeitos

A tristeza agora aflora lúdica.

 

Tanto me distanciei desta página.

Volto de mãos atadas sem ter nada.

Minha saúde já está ávida

O risco se apagou  com água.

 

Um dia no além de pó irei para sem porem.

Se amei e só fiquei, aos meus olhos não olhou.

Minha alma aos poucos se calou.

Cm tanto sofrimento que o coração retem.

 

 

Regina Ferreirinha 05-08-2017

Comentar