Datas cívicas de maio

    Datas  cívicas e comemorativas de Maio     01 –...

Leia Mais

Só quero AMOR!!!!

0

Postado por Regina Ferreirinha | Poesias diversas | 12-03-2015

 

Onde cabe o amor?
Na palma da mão de uma criança?
No horizonte a se espelhar?
Ou na esperança de seu olhar?

 

O amor cabe em qualquer lugar..
Cabe no bolso que furou
Na árvores que suas flores em beleza transbordou.
No voar de um pássaro pela floresta.
Até mesmo na fresta da porta por  onde o ódio espiou.
O amor…ah…o amor é o perdão!
É o choro sufocado…é na carícia sem pecado.
Amor…é olhar o namorado lá da janela do sobrado.
É dar um pedaçõ de pão ao pobre sem teto.
Amor…mesmo…de verdade é sorrir para alegrar quem está ao nosso lado.
Quero sentir…quero doar…por todos os lados.
Quero brindar a vida…e viver sossegado.
Quero amar…amar…e amar.
Quem quiser espalhar o ÓDIO…fica longe porque aqui só cabe…quem quer FICAR ao meu LADO.

 

 

Regina Ferreirinha

 

Lacuna

0

Postado por Regina Ferreirinha | Poesias diversas | 11-03-2015

 

Falou…falou , palavras soltas…desconexas
Por ande andas, Oh…cavalheiro.?Só promessas?
Passam por ruelas…boatos aflitos raivosos.
São tantas palavras…destorcidas, fatos ilusórios.

 

 

Onde estão provas…que comprava…a razão.
Entre esta e a podridão de seu veneno …caminham
tuas ovelhas…sem destino ao espaço de ilusão.
Empunham bandeiras…esbravejam…xingam.

 

 

A cada parada uma pausa…sem  meditação.
Olhos dispersos…sem uma luz que mostre
Espalham-se pelas avenidas…sem a mínima noção.
Enquanto isso abre -se uma lacuna..Razão ou ilusão?

 

 

Regina Ferreirinha

 

 

Vivemos atualmente um momento crítico de nossa historia e as pessoas em sua maioria mal sabem o que falam… fogem totalmente do foco ….PATRIOTISMO…CIVILIDADE…distanciam -se do racional e mergulham o pais num abismo….Há na verdade uma lacuna em suas mentes. plantada de propósito pelos meios de comunicação.

Desprezo

0

Postado por Regina Ferreirinha | Diversas | 10-03-2015

Nunca pensei que um dia fosse sentir tanta decepção.
Porque o ódio tem que ficar acima da razão?
É tão fácil conversar, expor ideias sem se ofender.
Basta um minuto para uma pessoa te aborrecer.

.

Momentos bons não contam.
Amizade jogada por terra
Dez meses  mergulhada na escuridão.
Para ti dedos apontam.
Seu dente … serra.
Para que machucar meu coração?

.

 

Um vazio a muito que se anuncia.
Um dia está cansado, por todos se envolve
Fico na página e com tristeza, alma espia.
Sempre ocupado e por mim não se resolve.

.

 

Vou morrer de tristeza.
Vá…e leve tudo que te fascina.
Fui um estorvo no caminho.
Chutou-me com leveza.
Não tem jeito é minha sina.
Nasci para ficar só no ninho.

.

 

Regina Ferreirinha
Fiquei cansada de ouvir…Estou cansado, não posso, estou  ocupado, não tenho assunto, acabou o encanto.Fazer o quê!!!Aceitar e viver.

Pela rua…

0

Postado por Regina Ferreirinha | Diversas | 08-03-2015

 

 

Eis que o destino arremessou-me à vida.
Levo em meus braços  uma blusa rasgada.
No coração um nome e muita saudade.
Sou forasteiro, a marca da infelicidade.

.

Caminho em soluço, procurando  uma luz.
Atravesso ruas e avenidas e nada reluz.
Sou alma em sono turvo, pelo mundo me procuro.
Moribundo em agonia, ao nada … vivo no escuro.

.

Procuro nas estrelas , o clarão da razão.
Espelho -me em lágrimas que caem no chão.
Sem mistério sigo pela sombra da orvalhada.
E assim passo dia a dia nesta triste  jornada.

.

Enquanto o tempo passa arde coração em brasa.
Pelas ruas sempre  em pranto, procuro  minha  casa.
Quem sou eu? Fala´me noite cálida que me acolhe!
Vou andando e sinto Deus que me acolhe.

 

.

 

Regina Ferreirinha

 

 

Num consultório médico uma senhora sentada a minha frente…esbravejava contra a situação de  em sua região….Quem somos para criticar tal situação!!!!!

Página virada

0

Postado por Regina Ferreirinha | Diversas | 21-02-2015

Página por página virei…
Leitura rápida do amor…uma flor  depositei.
Tudo acaba…volto ao nada.
Nova página quero escrever
Rabisco na margem e apago, em seguida.
Outras quando  lidas,  desabaram minha vida.
Pego o lápis e escrevo com esperança
Sem sentir que ponta quebra
Erro…e ao fundo marca se propaga
Nada expressa e o coração amarga.
.
Regina Ferreirinha

Viva em liberdade

0

Postado por Regina Ferreirinha | Diversas | 18-02-2015

Ser fruto de vida rabuscada, pisada.
Inocência que se faz sentir.
Presa pela vida a ruir.
.
Não segure dentro de si liberdade de alma que geme.
Solte pela vida  asas presas por conceitos.
Não embruteça coração que treme.
.
Voe por nuvens até pico seguro.
Ultrapasse morro em Itatiaia.
Solte um suspiro e lave alma com orgulho.
.
Seja  tu…seja, não faça voou rasante
Não machuque seu semelhante.
Mas….não esqueça você é dono  de teu trajeto.
Orgulhe-se e se de afeto…
.
Regina Ferreirinha

Toque …

0

Postado por Regina Ferreirinha | Poesias românticas | 18-02-2015

A rigidez do inverno ,frieza que cala.
Alma agitada,que  coração  inflame
Não abuse, seja breve na fala.
Ame, absorva sentimento, não reclame.
.
Se a rigidez atingir  coração
Aqueça-o , ame, deixe fluir  com leveza
Deixe-se levar pela emoção.
Não estrague a doce sutileza.
.
Ah…o amor é a essência da vida.
Num toque , deixa a pele rosada.
Aproveite e não fuja que a pele alisa.
Nada no mundo é melhor, do que ser amada.
.
Regina Ferreirinha