Datas cívicas de maio

    Datas  cívicas e comemorativas de Maio     01 –...

Leia Mais

Tal qual jujuba…

0

Postado por Regina Ferreirinha | Diversas | 26-07-2014

Olhar disperso..cheirinho  de frutas,
lábios açucarados.
Corre…saltita no chão chacoalha
e tira a atençaõ.
Lá vem você.
Docinho macio.
Para, navega como navio.
Te olho, te escuto.
Procura o quê?
Não sei se te sigo e te beijo.
Só sei que o teu trejeito.
Maroto e perfeito.
Tão belo…parece balinha.
Toda fofinha.

Meus olhos reviram.
Por tu viram.

Um dia minha jujuba.
Se Santo Antonio me ajuda.
Te levo ao altar.
Para sempre te amar.

 

 

Regina Ferreirinha

Sal…e o mal!

0

Postado por Regina Ferreirinha | Diversas | 26-07-2014

 

casal separado

 

 

Orgulha-te de seus passos, mesmo descaudando
diante das amarguras  da vida, ora vividas
Não despeje em mim teu SAL
Se o teu MAL…é a procura sem vista de um FINAL.
Deita-te em teu orgulho e desferes pontas de lanças.
Não me sai da lembrança…teu sorriso infernal.

.

 

Bateu-me fundo no coração.
Escorregou por todas as veias.
Ferveu em mim.
Trouxe a quentura de fervura de AMAR.

 

>

Aos poucos salpicou por toda a pele
Sem cerimônia prendeu meu orgulho
aterrizou em minha alma e lá se instalou.

 

Passo a passo..por mim desfilou.
Tirou-me  o sono e a leveza de meus passos.
Apoderou-se de minha respiração.
Fez de mim uma canção.

 

Um dia…o encanto acabou…e lá se foi.
Sem ao menos se despedir,
depois de minha alma despir.
Caminhei a procura de entender…”Quem sabe?”
Em vão…na verdade soltou-se de ti um DRAGÃO.
Cuspiu fogo e Salgou minha vida.
Sem ao menos dizer …”Obrigado pela breve guarida. ”
Jogou-me SAL…Que Mal…fez-me drástico FINAL!.

 

 

Regina Ferreirinha

Sob o luar…

0

Postado por Regina Ferreirinha | Diversas | 26-07-2014

 

 

Esta canção que nos leva às estrelas.
Lá… a me acenar.no firmamento
Um dilúvio como chamas de velas
Luzes acalentando-te em breve momento.

Quero estar para sempre em teus braços
Olhar para o céu azul…sentir o calor
Dos astros e pelas nuvens flutuar em traços.
Ter assim eternamente o seu amor.

Regina Ferreirinha

Novos caminhos…

0

Postado por Regina Ferreirinha | Diversas | 17-07-2014

 

 

Um novo sinal ressoa entre os pensamentos.
Seu apito , um alerta sobre o que escalda.
liberdade não chega, é muita alta a escada.

 

 

Degrau por degrau em que estonteia
Dái-me forças, em pernas bambas
quando não se realiza, o mundo samba.

 

 

Dia após dia forças se renovam e prá frente
melhores momentos serão contemplados.
e novos momentos por caminho encontrados.

 

Regina Ferreirinha

DE GOTA EM GOTA….

0

Postado por Regina Ferreirinha | Diversas | 15-07-2014

 

Quando jorrar de teus olhos água
Lembre que ela poderá estar desabando
Suas algúrias, histórias , mágoas
Mas formarão novas fontes te esperando.

 

Deixe tudo por conta do tempo.
Voadoras irão sua fonte abastecer.
Suas tristezas ficarão jogadas ao vento.
Deixe um novo Sol  resplandecer.

 

 

Regina Ferreirinha ( 15-07-2014)

 

Sol e esperança…

0

Postado por Regina Ferreirinha | Diversas | 15-07-2014

Fotoilustração retirada da  internet Página

Berusca

 

 

Saúdo-te Sol que me aquece após noite travada.
Sua luz abre-me um clarão na esfera perdida.
Tua imponente presença que bate na folha
Trás-me esperança e faz sentir -me criança
Esperança de amor partido.
Áureo reflexo de desencanto
que em teu contato…alento de fato.
Sou farta de orgulho de meu EU.
Aqui em minha janela, entre… o espaço é SEU.
Espalhe…pelas paredes…ráios de carinho
Abraça-me e acolha-me em seu ninho.

 

Regina Ferreirinha

Encanto de uma mulher…

0

Postado por Regina Ferreirinha | Poesias diversas | 15-07-2014

 

Foto: Encanto de uma mulher  Meu encanto não é o colorido do Baton É o sorriso do canto de meus lábios. É a palavra suave no breve tom Onde me procuro com os SÁBIOS.  Sou haste que hasteia e esperneia Sou relva onde pisa  quem amo. Sou como  uma aranha em teia Sou canto que ressoa num canto.  Meu encanto não é corpo que se mostra. É a delicadeza de atitudes em prosa É a mão que às vezes conforta. Nessa hora esqueço a mulher vaidosa.  Sou assim...Amor...apenas Amor  Regina Ferreirinha( 15-07-2014)

 

Encanto de uma mulher

.

 

Meu encanto não é o colorido do Baton
É o sorriso do canto de meus lábios.
É a palavra suave no breve tom
Onde me procuro com os SÁBIOS.

Sou haste que hasteia e esperneia
Sou relva onde passeia   quem amo.
Sou como  uma aranha em teia
Sou canto que ressoa num canto.
.
Meu encanto não é corpo que se mostra
É a delicadeza de atitudes em prosa
É a mão que às vezes conforta.
Nessa hora esqueço a mulher vaidosa.

.

Sou assim…Amor…apenas Amor

.

Regina Ferreirinha( 15-07-2014)